1 em cada cinco divórcios por culpa do Facebook

Facebook,DivorcioOs advogados que acompanham os processos referem que os conjuges que suspeitam de traição usam essas mesmas ferramentas online para encontrarem indícios das infedilidades e casos extraconjugais.
“A razão mais apontada para as separações é a troca de mensagens de cariz sexual através de uma rede social”, segundo Mark Keenan, responsável por uma empresa que regista pedidos de divórcio online, citado pela imprensa internacional.
Emails de conquista e mensagens no Facebook são por isso argumentos frequentemente citados como prova de comportamento inoportuno numa relação a dois entre aqueles que avançam para o divórcio no Reino Unido.
Foi o caso de uma mulher de 35 anos, que descobriu que o marido se estava a separar dela através de uma actualização de perfil no Facebook.
Metem-se nas redes sociais e depois dá nisto…Isto vem reforçar a ideia que redes sociais = a Talho…