Curiosidades Sexuais

            Todas as civilizações têm crenças, mitos, ou contos que por mais absurdos que possam parecer, alguns são verdadeiros. As que aconteceram num passado distante tiveram a versão alterada no passar dos anos. Outros são apenas fruto da imaginação das pessoas. O sexo é, sem dúvida, um dos temas preferidos para que o mais comum dos mortais dê “asas à imaginação”. Na sequência algumas curiosidades relacionadas com o assunto. No entanto, convém ressaltar que algumas destas curiosidades podem não corresponder totalmente à realidade.

* A maioria das mulheres não se excita com pornografia.

* A maioria das mulheres orgásmicas não chega ao clímax por meio de penetração.

* A orquídea é assim chamada porque orq significa testículo em latim.

* A tribo Caramoja, do nordeste de Uganda, amarrava um peso na ponta do pén*s para alongá-lo. Às vezes, o membro ficava tão comprido que o homem tinha que enrolá-lo para cima.

* Acreditava se até bem pouco tempo atrás que o coitus interruptus fazia mal para os rins e a bexiga.

* Ante um juiz os romanos juravam dizer a verdade apertando-se suavemente os testículos com a mão direita, dizem que daí vem a palavra Testemunhar.

* Segundo o relatório Kinsey, tirando uma meia dúzia de homens que acabaram na emergência de hospitais por terem se animado um pouco além da conta com um aspirador de pó, as mulheres são mais criativas na prática do prazer solitário e se masturbam com mais frequência quando estão vivendo um relacionamento estável. As mulheres sabem se excitar melhor e 60% delas alegam que descobriram sozinhas, contra apenas 25% dos homens.

* As egípcias urinavam diariamente sobre diferentes grãos de cereais para saber se estavam grávidas e saber o sexo do bebé. Se não germinasse nenhum grão é porque não estava grávida.

* As mulheres Helenas começavam a contar a idade somente a partir do casamento.

* Cleopatra foi a feladora mais famosa do mundo antigo comprazendo oralmente a mais de mil homens, segundo ela mesmo contava. Dizem que chegou a levar 100 homens para a cama numa única noite.

* De acordo com o Kinsey Institute, o maior pén*s erecto mede 35,75 cm e o menor, 4,81 cm.

* Durante os preliminares, o seio da mulher pode aumentar cerca de 25% de tamanho.

* Levando em consideração a assiduidade com que muitos casais fazem amor, um casal normal levaria quatro anos para experimentar todas as 529 posições descritas no Kama Sutra.

* Mas que bestas! O bestialismo era comum no circo romano, os animais como touros, leões, girafas eram treinados para que copulassem com mulheres na arena.

* Muitos egípcios sentiam atracão sexual pelos corpos mortos e por isso os familiares de uma mulher bela vigiavam o corpo até que apodrecesse para que não fosse violado.

* Na Espanha medieval, se uma mulher sofresse o aborto, o casal era queimado em uma fogueira.

* Na Europa do século XIV, era permitido a um nobre deixar o órgão sexual à mostra sob a túnica. Aqueles que não eram muito avantajados podiam usar um pén*s falso, de couro.

* No Japão medieval, o marido amarrava a mulher adúltera na frente de sua casa e os vizinhos da aldeia acabavam-se em cima dela.

* O Kama Sutra diz que “muitos ovos fritos na manteiga e depois mergulhados no mel fazem o membro ficar erecto por uma noite inteira”.

* O presidente francês François Faure morreu numa zona, em 1899, durante o ato sexual. A moçoila que o acompanhava ficou tão aterrorizada que contraiu a vag*na de tal forma que foi preciso uma cirurgia para remover o membro do falecido.

* O rei Tamba de Varanasi, celebrou seu aniversário de 22 anos com suas 16 mil esposas.

* Os aborígenes do deserto Kalahari têm sempre o pén*s semi-erecto.

* Os católicos do século V debatiam a moral da mulher e se era humana ou não.

* Os egípcios que necessitam de virilidade rezavam para Min, um Deus viagra com o pén*s erecto.

* Os legisladores espanhóis podiam anular seu casamento se sua mulher fosse muito apertada.

* Os maridos e amigos gregos reuniam-se no andron, uma área da casa dedicada somente aos homens para organizar banquetes com bacanais, dos quais suas mulheres estavam excluídas.

* Os romanos com medo de levar um par de guampas colocavam um piercing no prepúcio dos escravos para que não mantivessem relações com suas filhas, esposa ou outras escravas.

* Para conservar sua potência sexual os varões gregos nunca deviam urinar onde antes o tivesse feito um cão.

* Na roma antiga para distinguir as mulheres férteis das estéreis depositavam um dente de alho dentro do órgão genital até o amanhecer e se o cheiro do alho passasse para sua boca teria um filho e se não era estéril.

* Para não violar uma lei romana que impedia a execução das mulheres virgens Tibério ordenou que antes fossem violadas pelo carrasco.

* Um amuleto Grego para aumentar a virilidade era pôr um testículo de um burro em uma braçadeira.

* Uma crença popular hindu assegurava que se alguém misturasse fios de cabelo de mulher menstruada com estrume e deixasse sobre o calor do sol, nasceria uma enorme serpente.

* Uma tradição dizia que se uma mulher ficasse grávida durante a menstruação, seus filhos seriam ruivos.

Fonte: gforumtv