Jovem suicida-se após 200 entrevistas de emprego mal sucedidas

Vicky Harrison suicidou-se aos 21 anos depois de ser recusada em mais de 200 entrevistas de trabalho. A jovem britânica morreu devido à toma de muitos comprimidos depois de procurar emprego ao longo de dois anos.

A jovem deixou apenas uma nota dizendo que não queria continuar a viver sendo como era. Porém, segundo o namorado Nathan, que ainda não acredita que a jovem desapareceu, «Vicky era uma rapariga que sobressaía, divertida e bonita».

A mãe da jovem, Louise, de 43 anos, afirma que Vicky era «uma menina brilhante e inteligente, mas que se deixou deprimir ao não encontrar emprego. Estar parada tanto tempo era para ela humilhante e não aguentava mais».

Na carta que deixou, apenas lançou um apelo aos pais: «Por favor, não fiquem tristes. Não é vossa culpa. Quero que todo o mundo seja feliz».

Fonte: Sol

Como é que uma pessoa que tinha o futuro na frente, faz uma coisa destas… Tudo bem que que ouvir não…200 vezes  é dose…Mas chegar a este ponto…FDX…espero bem que não…

Se isto fosse em Portugal a culpa seria do Socrates e em inglaterra…a culpa é de quem??

1 comentário a “Jovem suicida-se após 200 entrevistas de emprego mal sucedidas”

  1. A culpa?
    Dos políticos… é sempre deles. São eles que governam, são eles que roubam, ao ponto de deixarem os países na miséria e com casos destes…

    Bom regresso… finalmente! 😀
    Já tinha saudades:)