África do Sul vai comprar xixi

Um título estranho para uma notícia estranha…

Ao que parece numa iniciativa de reaproveitar certos recursos e evitar que se gaste alguns, na África do sul foram instalados sanitários secos, nomeadamente em Durban.

A cidade sul-africana implementou a primeira medida para conter os gastos de água (e aumentar a higiene) instalando mais de 90 mil banheiros secos nos jardins das casas (os chamados banheiros químicos).

O problema é que a população não gostou da novidade e, além de se recusar a usá-los, desmontou muitas das estruturas. Segundo informações da AFP, agora, a cidade quer instalar containers de 20 litros em 500 banheiros para coletar urina.

Rico em nitratos, fósforo e potássio, o xixi poderia ser usado para fertilizantes. A ideia, que tem o apoio do laboratório suíço Eawag e da Fundação Bill and Melinda Gates, é fazer com que os funcionários municipais coletem os containers de urina uma vez por semana, pagando o equivalente a 4 dólares à família.

Fonte: Info.abril