Menina faz queixa na polícia porque lhe roubaram a boneca

 

Preocupada com «Rafaela», Rita já não conseguia dormir e foi à PSP pedir ajuda

Rita,de sete anos,deslocou-se à da PSP de São Pedro da Afurada, em Vila Nova de Gaia, na terça-feira à noite, de mão dada com o amigo Pedro, de 10. A menina entrou na esquadra para fazer queixa do suposto roubo de «Rafaela», a sua boneca preferida que tinha desaparecido quando fazia mudanças para uma casa nova. A história é contada, esta sexta-feira, pelo «Diário de Notícias» (DN).

Em 27 anos de carreira, o agente Américo Cartucho «julgava ter visto de tudo», até que Rita entrou na esquadra. «Quero fazer uma queixa. É que me roubaram a minha boneca. Estava numa caixa debaixo da minha varanda e desapareceu, estou preocupada e já nem durmo», disse Rita.
Américo Cartucho, sensibilizado com a história, fingiu anotar a queixa para acalmar Rita, e indicou que iria «mandar um carro-patrulha» à procura de «Rafaela».

O desaparecimento da boneca aconteceu há cerca de um mês, quando a família de Rita estava em mudanças.
A menina já tinha insistido com os familiares sobre o desaparecimento, e a tia, Graça Campota, disse que ia fazer queixa à polícia, em tom de brincadeira. Rita não se esqueceu e continuava a insistir, até que Graça sugeriu «vai tu com o Pedro». E ela foi.
Os familiares da menina de 7 anos não conseguem parar de rir com a sua história. Os avós, babados, dizem que a neta é uma menina «muito engraçada e despachada».
A PSP, impressionada com a perseverança e sensibilidade da menina, ofereceu uma boneca nova a Rita.

Fonte: Tvi24

Apesar de todos os dias sermos bombardeados por noticias deprimentes, ainda aparecem noticias que nos fazem por um sorriso nos lábios.