Mulher magoa-se a usar um vibrador e processa sex shop

      

                        202                         Uma mulher residente em Dunsmuir, na Califórnia, apresentou queixa contra uma sex shop por se ter magoado enquanto usava um vibrador adquirido na empresa «Pipedream Products Inc.», noticia o «Daily News».
April Bonjour usou o «brinquedo» para «brincar» com o namorado, e a «coisa» não correu bem.

           April diz que o prazer rapidamente se tornou dor, causando-lhe uma forte dor vaginal e um sangramento abundante.
«Comecei a ficar fraca por causa da perda de sangue», escreveu numa queixa de danos pessoais arquivado a 30 de Agosto, no Supremo Tribunal da Califórnia.

 
              «O meu namorado ligou para o 112. Quando cheguei às urgências, estava inconsciente», acrescentou. April pensava mesmo que «estava a morrer».
A norte-americana apresentou uma queixa contra a empresa e pretende uma indemnização de cerca de 18 mil euros.
No processo existe uma nota que indica ainda que o produto «estava a ser usado da forma pretendida pela queixosa» quando se magoou.

Fonte : iol

O que comentar disto…

Tentativa de ganhar uns trocos a custa de vergonha de ir para a frente com um processo destes?!?! Excesso de uso?? Uso violento?? Ou estava a ser usado no “lado” errado…Ah; a imagem é meramente ilustrativa…

1 comentário a “Mulher magoa-se a usar um vibrador e processa sex shop”

  1. Não sei bem se foi só uns trocos …. se conseguir vencer o processo pode comprar uma boa colecção de Vibradores <.<