Castigo exemplar ou nem por isso?

 

Pai obriga filho a usar cartaz em que confessa ter tirado 100 dólares da carteira de um primo

José Gonzalez, de 12 anos, roubou 100 dólares. Joseph Gonzalez, o pai do adolescente decidiu puni-lo publicamente de uma forma invulgar.
Durante dois dois dias, o rapaz esteve na rua com um cartaz na mão, onde confessava o seu crime: «Sou um ladrão, roubei dinheiro a um familiar. Não me deem dinheiro».

Em declarações ao jornal «Denver Post», da cidade norte-americana onde o caso se registou, o pai explicou que o castigo foi para «dar uma lição» ao filho, por ter tirado 100 dólares (74 euros) que se encontravam na carteira de um primo.

«Há pais que têm medo de castigar os filhos. Eu não tenho medo», disse Joseph Gonzalez, assegurando que não lhe importa o que digam sobre a decisão de expor publicamente o filho. «A cadeia é pior», defendeu.
O adolescente, com o cartaz amarelo na mão, deu razão ao pai: «Penso que é justo. Fiquei chateado, mas triste ao mesmo tempo, porque pensei que ia ficar muito envergonhado».

Fonte: iol