Ministro japonês afirma que doentes idosos devem morrer para poupar o Estado

Afinal não é só em Portugal que se “apanha” com políticos “porreiros”! A diferença é que este disse em voz alta o que os nossos governantes têm medo de disser mas que fazem sorrateiramente… O caricato é que estas ideias vêm de um fulano que têm 72 anos…

Ele que demonstre entao aos idosos do seu país como se faz… –.-

O ministro das Finanças do novo governo japonês afirmou que os idosos doentes devem «morrer rapidamente» para aliviar o Estado do pagamento de cuidados médicos.

«Deus queira que (os idosos) não sejam forçados a viver até quando quiserem morrer», disse Taro Aso, durante uma reunião, em Tóquio, sobre as reformas da segurança social.
Segundo o jornal britânico «Guardian», o ministro está a ser alvo de fortes críticas por declarações como: «O problema não tem solução, a não ser que os deixemos morrer, e depressa».
O mesmo ministro chamou ainda «entubados» aos doentes que já não se conseguem alimentar pelas próprias mãos e acrescentou que «o ministro da Saúde está consciente das despesas de saúde por paciente».
De acordo com o «Guardian», os comentários de Aso são motivo de ofensa no Japão, onde um quarto da população, de cerca de 130 milhões de habitantes, tem mais de 60 anos.
Um relatório divulgado na segunda-feira em Tóquio indica que mais de dois milhões de japoneses dependem da segurança social.

Fonte :iol

 

1 comentário a “Ministro japonês afirma que doentes idosos devem morrer para poupar o Estado”