Kanye West pede a um fã em cadeira-de-rodas para se levantar….

Sim, Kanye West pensa que é Jesus, mas pôr um rapaz numa cadeira de rodas a dançar é demais até para o auto-intitulado rei da música (piada roubada num Twitter). O que se passou em Sydney foi, no mínimo, embaraçoso.

West está habituado a fazer as coisas à sua maneira. E quando não consegue é melhor afastarem-se que o rapaz fica furioso.

“I decided I can’t do this song, I can’t do the rest of the show until everybody stands up (Não consigo avançar com o espectáculo a não ser que todos se levantem)”, disse este fim-de-semana num dos seus concertos em Sydney, Austrália, na sua Yeezus tour.

“Unless you got a handicap pass and you get special parking and sh-t (A não ser que tenham um passe especial para deficientes, tenham lugar no parque e essas m*****)”.

E chegou o momento. West topou duas pessoas que não se levantavam e recusou-se a continuar com o espectáculo até estes se levantarem e dançarem com os restantes. Houve, inclusive, assobios na sala para o par que teimava em não se levantar.

Um deles mostrou uma prótese e levantou-a para a audiência, a provar que tinha de facto lugar especial (“special parking and shit”). Aí, West ripostou: “Okay, you fine.” E voltou-se para o outro fã.

Este não se levantava e Mr. Kim Kardashian (como é carinhosamente tratado pela revista Time) interrompeu a música “The Good Life”. E disse: “Nunca esperei tanto para começar a cantar, é inacreditável”. Depois mandou um dos seus volumosos guarda-costas Pascal Duvier para se certificar que o fã estaria mesmo numa cadeira-de-rodas. Quando foi confirmado, pronto:

“He is in a wheelchair? It’s fine!”. Ok, então. Bum, rebentou a música.

Fonte:Sol