‘Prefiro morrer de pé do que viver ajoelhado’, disse director do Charlie Hebdo

E assim foi….

Desde 2011 que tinha protecção policial por não se ter calado quando foi ameaçado por extremistas islâmicos. Em nome da liberdade de expressão combateu os que o ameaçavam, dando alma aos cartoons que fazia. Hoje a 7 de janeiro foi alvo de uma resposta violenta por parte de uns “fulanos” que eram contra o que fazia…

Resultado, 12 mortos! (desde 1945 que Paris não via um ataque tão sangrento)

Aqui fica o video que circula na Internet….

Poderá haver quem o possa considerar violento…

 

 

396636

396624