Arquivo da Categoria: Momento de Reflexão

Jogue fora todos os números…

Jogue fora todos os números não essenciais para sua sobrevivência. Isso inclui idade, peso e altura.
Deixe o médico se preocupar com eles.
Para isso ele é pago.
Frequente, de preferência, seus amigos alegres.
Os de mau humor, puxam você para baixo.
Continue aprendendo.
Aprenda mais sobre computador, artesanato, jardinagem, qualquer coisa.
Não deixe seu cérebro desocupado.
Uma mente sem uso é a oficina do diabo.
E o nome do diabo é Alzheimer.
Curta coisas simples.
Ria sempre, muito e alto.
Ria até perder o fôlego.
Lágrimas acontecem.
Aguente, sofra e siga em frente.
A única pessoa que acompanha você a vida toda é você mesmo.
Esteja vivo, enquanto você viver.
Esteja sempre rodeado daquilo que você gosta: família, animais, lembranças, música, plantas, um hobby, o que for.
Seu lar é o seu refúgio.
Aproveite sua saúde.
Se for boa, preserve-a,
Se está instável, melhore-a,
Se está abaixo desse nível, peça ajuda.
Não faça viagens de remorsos.
Viaje sabe para onde, para aquela loja que vc gosta e faça compras, viaje para cidade vizinha, para um país estrangeiro, mas não faça viagens ao passado.
Diga a quem você ama, que você realmente os ama, em todas as oportunidades.
E se lembre sempre que:
“A vida não é medida pelo número de vezes que você respirou, mas pelos momentos em que você perdeu o fôlego…
De tanto rir… De surpresa… De êxtase… De felicidade…”

Autor: Desconheço

Tipos de amigo

los-amigos-se-preocupan-por-ti Há três grandes tipos de amigo:

1 ->Amigo simples,

2 ->Amigo verdadeiro

3 ->E … Amigo do c@r@lho…

Situação – 1

 1 – Um simples amigo procura-te para conversar sobre os seus próprios problemas…

2 – Um amigo verdadeiro procura-te para te ajudar com os teus problemas…

3 – Um amigo do c@r@lho procura-te, ajuda-te com os teus problemas, dá-te dois cachaços e ainda te leva prá noite e paga-te os copos…!

 

Situação – 2

1 – Um simples amigo, quando vai a tua casa, age como uma visita…

2 – Um amigo verdadeiro abre o frigorífico e serve-se sozinho…

3 – Um amigo do c@r@lho abre o frigorífico, serve-se sozinho e ainda refila porque não há o que ele queria…!

Situação – 3

 

1 – Um simples amigo pensa que a amizade acabou depois de uma discussão…

2 – Um amigo verdadeiro sabe que não há amizade enquanto não houver qualquer discussão…

3 – Um amigo do c@r@lho chama-te nomes, f0d£-te a cabeça, enxota o teu cão, dá-te porrada, mas está tudo bem…!

Situação – 4

 

1 – Um simples amigo espera que estejas sempre lá para ele…

2 – Um amigo verdadeiro espera sempre estar lá para ti…

3 – Um amigo do c@r@lho espera por ti durante duas horas até ficar revoltado. Vai à tua casa casa… chama-te nomes, volta a enxotar o teu cão e dá-te porrada outra vez. Mas tá tudo bem na mesma…!

Lição sobre socialismo

Aqui está um texto que encontrei pelas redes sociais. Por isso é me complicado atribuir uma fonte fidedigna.

Um professor de economia em uma universidade americana disse que nunca havia reprovado um só aluno, até que certa vez reprovou uma classe inteira.

Essa classe em particular havia insistido que o socialismo realmente funcionava: com um governo assistencialista intermediando a riqueza, ninguém seria pobre e ninguém seria rico, tudo seria igualitário e justo.

O professor então disse: “Ok, vamos fazer um experimento socialista nesta classe. Ao invés de dinheiro, usaremos suas notas nas provas.”

Todas as notas seriam concedidas com base na média da classe e portanto seriam ‘justas’. Todos receberão as mesmas notas, o que significa que em teoria, ninguém será reprovado, assim como também ninguém receberá um “A”.Estudantes

Após calculada a média da primeira prova todos receberam “B”. Quem estudou com dedicação ficou indignado, mas os alunos que não se esforçaram ficaram muito felizes com o resultado.

Quando a segunda prova foi aplicada, os preguiçosos estudaram ainda menos, esperavam tirar notas boas de qualquer forma. Já aqueles que tinham estudado bastante no início resolveram que eles também se aproveitariam do trem da alegria das notas. Como resultado, a segunda média das provas foi “D”. Ninguém gostou.

Depois da terceira prova, a média geral foi um “F”. As notas não voltaram a patamares mais altos mas, as desavenças entre os alunos, a busca por culpados e palavrões passaram a fazer parte da atmosfera das aulas daquela classe.

A busca por ‘justiça’ dos alunos tinha sido a principal causa das reclamações, inimizades e senso de injustiça que passaram a fazer parte daquela turma. No final das contas, ninguém queria mais estudar para beneficiar o resto da sala. Portanto, todos os alunos repetiram aquela disciplina.

O professor explicou: “O experimento socialista falhou porque quando a recompensa é grande o esforço pelo sucesso individual é grande”. Mas quando o governo elimina todas as recompensas ao tirar coisas dos outros para dar aos que não batalharam por elas, então ninguém mais vai tentar ou querer fazer seu melhor.

Lições a tirar…

1. Você não pode levar o mais pobre à prosperidade apenas tirando a prosperidade do mais rico;

2. Para cada um recebendo sem ter que trabalhar, há uma pessoa trabalhando sem receber;

3. O governo não consegue dar nada a ninguém sem que tenha tomado de outra pessoa;

4. Ao contrário do conhecimento, é impossível multiplicar a riqueza tentando dividi-la;

5. Quando metade da população entende a ideia de que não precisa trabalhar, pois a outra metade da população irá sustentá-la, e quando esta outra metade entende que não vale mais a pena trabalhar para sustentar a primeira metade, chegamos ao começo do fim de uma nação.